Huambo: Província será reforçada com 10 novos procuradores

Insignia da PGR (Foto: joaquina Bento)

O Procurador-Geral da Adjunto da República, Adão Adriano António, anunciou sexta-feira, na cidade do Huambo, o reforço do sector, até ao final do ano em curso, de 10 novos procuradores, visando estender a actividade do Ministério Público aos 11 municípios que compõem a região do planalto central.

Em declarações à imprensa, no quadro da visita que efectua desde sexta-feira à província do Huambo, Adão Adriano António informou que dos 10 procuradores, cinco novos magistrados do Ministério Público, recentemente nomeados, já se encontram na província, para iniciar funções.

Entretanto, reconheceu que o número de magistrados no Huambo ainda é bastante reduzido, mas é intenção do órgão fazer chegar os serviços da justiça, junto da população de todos os municípios, apesar de haver muitas dificuldades.

Disse que as dificuldades estão relacionadas com angariamento de recursos financeiros para dar formação aos novos quadros, visto que para se exercer a função de juiz ou procurador não basta licenciatura em Direito, mas sim formação específica para melhor exercer a magistratura judicial.

“ Estamos a envidar esforços, com os apoios que temos recebido do Governo Central, para aumentar o número destes profissionais nos municípios do país”, garantiu. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA