Guiné-Bissau com presença inédita no CAN

(RFI)

A Guiné-Bissau apurou-se pela primeira para a fase final do Campeonato Africano das Nações em futebol (CAN), a disputar no próximo ano no Gabão.

A Guiné-Bissau venceu ontem a Zâmbia por 3-2. Em Bissau, a selecção nem precisou de esperar pelo seu último jogo contra o Quénia para se apurar.

Hoje, os quenianos derrotaram o Congo Brazzaville 2-1, resultado que beneficiou os Djurtus, nome pelo qual é conhecida a selecção guineense.

O inédito apuramento para a fase final da Taca das Nações Africanas de futebol tem o condão de unir todo o povo guineense à volta da selecção, numa altura em que são claros os sinais de bipolarização do país devido as lutas ente os políticos.

No final do encontro entre quenianos e os congoleses, os guineenses saíram às ruas com apitos, tambores e a bandeira nacional para festejarem aquilo que o capitação dos Djurtus, Bocundji Cá, diz ser
a segunda independência do país.

Má notícia teve a selecção angolana que se deslocou a Bangui para perder frente à República Centro-Africana por 3-1, falhando mais uma fase final da Taça das Nações Africanas.

Moçambique conseguiu ontem a primeira vitória na fase de qualificação para a Taça das Nações Africanas ao bater o Ruanda por 3-2.

Cabo Verde com os Tubarões Azuis venceu ontem a selecção de São Tomé e Príncipe, por 2-1, no estádio 12 de Julho, na quinta jornada do grupo F de qualificação para o CAN 2017. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA