Girabola: Prestação do Caála na I volta considerada positiva

Huambo: RECREATIVO DA CAÁLA (Foto: Valentino Yequenha)

O assessor do coordenador da comissão de gestão do Clube Recreativo da Caála, Horácio Mosquito, considerou quarta-feira, na cidade do Huambo, positiva a prestação do conjunto na I volta do presente campeonato nacional de futebol da I divisão.

Disse, em declarações à imprensa, que os resultados alcançados pela equipa nas últimas 10 jornadas e as boas exibições permitem acreditar que a II volta há-de ser melhor ainda.

Sob comando técnico de Carlos Alberto Cardeau, que sucedeu Hélder Mário Pedroso Teixeira, na 6ª jornada, os caalenses somaram 19 pontos, a mercê de cinco vitórias, quatro empates e uma derrota.

“Começamos mal o campeonato, cinco derrotas seguidas em igual número de jogos. Depois de mudarmos de treinador melhoramos bastante e os resultados são visíveis”, manifestou.

Todavia, Horácio Mosquito promete reforçar o plantel, tendo em conta a necessidade de terminar a prova entre os cinco melhores classificados, facto que não acontece desde 2011, em que ficou no 5º lugar.

O conjunto terminou a I volta com 19 pontos, na 8ª posição, quando em 2015 tinha terminado na última colocação, com 12 pontos. O 1º de Agosto, com 35 pontos, lidera isolado a competição, enquanto o Porcelana do Cuanza Norte ocupa a última posição, com 11 pontos.

Presente no Girabola desde 2009, o Recreativo da Caála, fundado a 24 de Junho de 1944, teve como melhor feito o 2º lugar alcançado em 2010, ao terminar com o mesmo número de pontos (55) que o campeão da época, o Grupo Desportivo Interclube. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA