Euro 2016: País de Gales junta-se a Polónia nos quartos-de-final

(EURONEWS)

País de Gales 1-0 Irlanda do Norte
Auto-golo de McAuley fez a diferença
Suíça 1-1 Polónia (4-5 após penáltis)
Granit Xhaka foi o único a falhar um penálti

Sonho norte-irlandês chegou ao fim

O País de Gales até pode estar pela primeira vez num Campeonato da Europa mas dentro das quatro linhas não tem acusado a estreia e tem já um lugar garantido nos quartos-de-final. O duelo frente à Irlanda do Norte foi decidido com um auto-golo de Gareth McAuley já na reta final do encontro.

O defesa do West Brom tinha ficado na história ao apontar o primeiro golo do país na história da competição, desta vez voltou a deixar o seu nome na ficha de jogo mas pelos piores motivos.

Já o encontro em si, dificilmente ficará para a história, com muita entrega de parte a parte mas pouco futebol. Gareth Bale passou ao lado do encontro, Aarom Ramsey tentou impor ordem no meio campo mas sem sucesso.

O País de Gales aguarda agora pelo vencedor do duelo entre Hungria e Bélgica.

Polónia não treme nos onze metros

A Polónia foi a primeira equipa a garantir um lugar nos quartos-de-final do Euro 2016. Depois de um empate a uma bola no final do tempo regulamentar, seguiram-se trinta minutos sem golos e o inevitável desempate por penáltis. A Polónia acabou por ser mais forte da marca dos onze metros e garantiu desde já a sua melhor participação de sempre num Campeonato da Europa.

O jogo teve duas partes distintas. Até ao descanso a partida foi dominada pelos polacos, um ascendente marcado pelo golo de Jakub Błaszczykowski. Na frente de ataque, Arkadiusz Milik voltou a estar perdulário enquanto Robert Lewandowski continua a anos-luz do seu melhor.

No segundo tempo, só deu Suíça. A equipa helvética sufocou os polacos, que quebraram fisicamente e bem podem agradecer a Łukasz Fabiański. O guarda-redes esteve em grande nível e ainda viu Haris Seferović acertar na trave. O único a conseguir bater Fabiański foi Shaqiri, num momento em que já se adivinhava o golo suíço.

O atacante aproveitou um ressalto na área para atirar a contar com um pontapé de moinho, um forte candidato a golo do torneio. Faltavam oito minutos para os noventa. No prolongamento, a toada de jogo manteve-se. Os suíços ao ataque e Fabiański a brilhar entre os postes.

Foi preciso recorrer ao desempate por penáltis e os polacos não desperdiçaram uma única oportunidade. Já Granit Xhaka esteve desastrado e atirou ao lado da baliza de Fabiański.

Um resultado que colocou a Polónia nos quartos-de-final do Campeonato da Europa pela primeira vez na sua história e com encontro marcado com Portugal… caso a equipa das quinas leve de vencida a Croácia esta noite.

O programa de domingo

O pontapé de saída este domingo será dado às 14h(hora de Lisboa) em Lyon, com o encontro entre a França e a Irlanda. Três horas depois em Lille, Alemanha e Eslováquia discutem um lugar entre as oito melhores seleções do continente. O dia fica completo com o duelo entre Hungria e Bélgica, às 20h em Toulouse. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA