EUA felicitam Kuczynski, presidente eleito do Peru

(AFP)

Os Estados Unidos felicitaram em um comunicado o presidente eleito do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, e ofereceram aprofundar os laços bilaterais.

“Felecitamos o presidente eleito Pedro Pablo Kuczynski pela sua vitória na eleição”, disse o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby, na nota.

Os Estados Unidos confiam em poder cooperar com o novo governo peruano para “ampliar ainda mais nossas relações bilaterais e promover a democracia, o desenvolvimento e a prosperidade, como temos feito com o governo do presidente (Ollanta) Humala”, acrescentou Kirby.

Kuczynski, um ex-banqueiro de Wall Street de 77 anos, ganhou com uma margem mínima de pouco mais de 40.000 votos no segundo turno presidencial contra Keiko Fujimori, filha do ex-presidente Alberto Fujimori (1990-2000), actualmente preso por crimes de corrupção e contra a humanidade.

O próximo presidente peruano é conhecido como “o gringo” por seu sotaque anglo-saxão herdado de sua longa estadia profissional nos Estados Unidos, e por isso até alguns meses atrás ostentava a nacionalidade americana, que renunciou em meio a acusações de seus rivais de que poderia se favorecer do capital estrangeiro.

De fato, sua esposa, Nancy Lange, é americana, o que pela primeira vez em quase 200 anos de história republicana do país, que se remonta a 1821, uma pessoa natural dos Estados Unidos será a primeira-dama.

Peru se mantém em uma estreita relação com os Estados Unidos, país com o qual assinou um tratado de livre comércio, em vigor desde 2009, e com o qual integra o Acordo Transpacífico de Livre Comércio (TPP), assinado por 11 países. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA