Estabilização e investimento privado dois grandes desafios da CIRGL para os próximos anos

Ntumba Luaba Secretário Executivo cessante da CIRGL (Foto: Francisco Miudo)

A concretização dos processos de estabilização e a atracção de mais e melhor investimentos privados para a região dos Grandes Lagos foram apontados esta manhã, em Luanda, pelo Secretário Executivo cessante da organização, Ntumba Luaba, como grandes desafios da mesma para os próximos anos.

O Secretário Executivo, que apontava em breves declarações à imprensa os desafios da CIRGL, à margem da 6ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da organização que a capital angolana acolhe hoje, referiu o reforço das infra-estruturas, como estradas e caminhos de ferro.

Isto, salientou ”porque temos países que vão do Oceano Atlântico até o Índico, o que nós dá uma grande oportunidade para a diversificação da economia e fazer negócios”.

Para Ntumba Luaba este caminho ajudará no reforço da economias dos Grandes Lagos.

Outro desafio, acrescentou, tem haver com a criação de empregos para a juventude, bem como facilitar a deslocação entre estes dento da região, para que possa existir maior intercâmbio e trocas de experiências.

Já em relação a situação no Leste da RDC acrescentou que as forças armadas deste país fizeram muitos sacrifícios para a estabilidade desta região que se vai fortalecendo, mas ainda existem elementos residuais da FDLR que ainda resistem.

Por este motivo considera que estas devem adaptar-se às tácticas destes e a uma maior parceria com a Monusco. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA