Ensino Especial identifica crianças com altas habilidades

Alunos com deficiencia visual (Foto: Lucas)

O director nacional do Ensino Especial, Jorge Pedro, revelou hoje, em Luanda, que as crianças “super dotadas” vão passar a beneficiar de atenção especial nos próximos tempos.

Jorge Pedro, que falava à Angop sobre o estado actual do sector, fez saber que numa primeira fase serão identificadas as crianças e posteriormente trabalhar com as outras instituições, como o INIDE, para a elaboração de um currículo especial.

Segundo Pedro Jorge, as crianças com altas habilidades quando não trabalham com programas específicos frustram-se e outras até perdem o interesse pela escola.

A necessidade de se criar condições específicas para atendimento a crianças altistas é outro projecto em manga.

“As crianças altistas, por terem problemas de comunicação, precisam de um acompanhamento redobrado na sala em que estiverem inseridas, não pode ter apenas um professor”, disse.

Jorge Pedro afirmou que a maior parte dessas crianças estão fora do sistema de ensino.

Para efeito assinaram um acordo com a associação dos altistas a “Pegada” para trabalharem com os encarregados e juntos encontrarem soluções. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA