Duelo de titãs militares e polícias

Duelo de titãs: militares e polícias. (Foto: D.R.)

As equipas do 1º de Agosto e do Grupo Desportivo Interclube defrontam-se hoje, a partir das 18h00, no Pavilhão Victorino Cunha, em partida referente à terceira e última jornada da primeira volta da fase regular da 31ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores feminino, encontro que vai definir a campeã do primeiro turno da aludida competição.

À entrada da derradeira ronda do “Nacional”, prova que conta com a participação de apenas quatro equipas, sendo três de Luanda e uma de Benguela, as duas agremiações partilham a liderança da tabela classificativa, ambas com quatro pontos cada, fruto de duas vitórias em igual número de jogos.

Depois de ter perdido o campeonato provincial, à favor da equipa adstrita à Polícia Nacional, a equipa militar,  actual campeã nacional, vai aproveitar o factor casa para redimir-se do último desaire, diante da turma do Grupo Desportivo Interclube.

Duas das melhores equipas do país e do continente africano, militares e polícias  protagonizam esta noite no Pavilhão Victorino Cunha, mais um duelo de gigantes, a julgar pela qualidade dos dois plantéis.

Sem duas das suas principais jogadoras, nomeadamente, Fineza Eusébio, base, por problemas pessoais, e Sónia Guadalupe, extremo poste, a recuperar de uma mazela, Jaime Covilhã , técnico principal do Clube Central das Forças Armadas Angolanas, vai alinhar uma equipa que seja capaz de conter o jogo ofensivo da formação do Grupo Desportivo Interclube, conjunto que está fortemente engajado em destronar às militares do ceptro nacional.

Isabel Francisco, base, deve assumir a condução do jogo ofensivo da equipa do Rio Seco, auxiliada pela Rosa Gala. Nacissela Maurício, Luísa Tomás, Ana Gonçalves, Cristina Matiquite para além da moçambicana Leia Dongue, vão liderar a formação militar para mais um triunfo.

Jaime Covilhã aproveitou as duas primeiras partidas para corrigir eventuais debilidades, com particular realce para os aspectos defensivos, onde a equipa apresenta  algumas limitações.

Apesar de reconhecer o valor da adversária, o comandante da equipa rubro – negra não esconde o desejo de vencer esta noite, a formação do Grupo Desportivo Interclube.
“Será mais um jogo de difícil prognóstico, a julgar pela qualidade dos dois plantéis. Naturalmente que tudo faremos, para terminarmos de forma invicta a primeira volta do campeonato nacional”, augurou o jovem treinador.

Por seu lado, Apolinário Paquete, técnico principal da turma da Polícia, vai  contar com todas as principais unidades, onde se destacam as presenças de Italee Lucas, Merciana Fernandes, Astrida Vicente, Sequoia Homes, Nadir Manuel, Felizarda Jorge, Ngiendula Filipe ,para além da congolesa, Pauline Akonga. Motivadas com  o título provincial, as polícias vão procurar vencer esta noite as militares, em pleno Pavilhão Victorino Cunha, recinto que pode vir a registar uma presença massiva dos amantes da modalidades.
Ana Lemos, treinadora – adjunta do Grupo Desportivo Interclube, afirmou que vão lutar para conseguirem os dois pontos em disputa.

“Penso, que será mais uma partida extremamente difícil, para os dois contendores. Nós vamos lutar do primeiro ao último minuto, porque queremos os dois pontos em disputa”, disse a adjunta de Apolinário Paquete.

SEGUNDA JORNADA
Militares e polícias continuam invictas

1º de Agosto e Interclube continuam invictas na primeira volta da fase regular da 31ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores feminino, competição que hoje faz disputar a derradeira jornada.

A equipa rubro e negra recebeu e venceu ontem, no Pavilhão 28 de Fevereiro, o Inter de Benguela por 63-27, em partida referente à segunda jornada, quando ao cabo dos primeiros 20min conservavam já uma vantagem de 25 pontos (31-6). Tal como lhe competia, as comandadas de Jaime Covilhã assumiram o comando das operações, ante uma equipa bastante permissível no capítulo defensivo.

Com uma defesa pressionante, as campeãs nacionais conseguiram no quarto inicial um parcial de 19-4. Para não variar, voltaram a superiorizar-se no segundo e terceiro períodos, com parciais de 12-2 e 18-8 respectivamente.

Liderandas pela jovem Tatiana Jamba, a cestinha da partida, com 15 pontos, o Inter de Benguela perdeu no parcial por apenas um ponto (13-14).
A vitória das militares (63-27) não sofre qualquer contestação, face a superioridade evidenciada .

Ainda ontem, para a segunda jornada da primeira volta da fase regular do “Nacional”, o Grupo Desportivo Interclube vergou a formação do Grupo Desportivo O Maculusso por 72-48. Ao cabo dos primeiros 20 minutos registava-se uma igualdade a 23 pontos.

1º de Agosto e Interclube partilham a liderança da prova, ambas com quatro pontos cada, seguidas do Maculusso e Inter de Benguela, com dois pontos cada.

PRIMEIRA VOLTA
Benguela e Maculusso procuram primeira vitória

As formações do Grupo Desportivo O Maculusso e  Inter de Benguela procuram esta tarde (16h00), alcançar a primeira vitória, na primeira volta da fase regular da 31ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores feminino, competição que decorre em Luanda desde o dia 27.

As duas agremiações ocupam as duas últimas posições da tabela classificativa do Campeonato Nacional da “bola ao cesto”, com dois pontos cada, fruto de duas derrotas em igual número de partidas.

A equipa do Grupo Desportivo O Maculusso, comandada agora pelo Fernando Sapalo, que substituiu no cargo Januário dos Santos, apresenta-se à priori, como favorita à conquista dos dois pontos em disputa, a julgar pela experiência das suas jogadoras.

Ainda assim, as comandadas de Fernando Sapalo têm de provar o  favoritismo dentro das quatro linhas.
Por seu lado, a formação do Inter de Benguela, conjunto que se reforçou com a extremo base Tatiana Jamba, ex -Benfica do Lubango, vai dificultar ao máximo os intentos do Grupo Desportivo O Maculusso.

A fase regular da 31ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol, em seniores feminino, está a ser jogada no sistema de todos contra todos, a duas voltas, passa para as meias-finais, as quatro primeiras equipas que no sistema cruzado, disputam o play -off, a melhor de três partidas.
O play -off da final da 31ª edição do Campeonato Nacional vai ser disputada a melhor de cinco partidas.

ESTÁGIO
Angolanos  tropeçam

A Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculino que realiza um estágio pré-competitivo em Madrid, Espanha, averbou na terça-feira última a primeira derrota, por 72-85, diante da similar do México, partida enquadrada na preparação das duas selecções, com vista o torneio pré-olímpico, prova selectiva para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro,  Brasil, em Agosto.

Depois de ter  derrotado a similar do Senegal, no primeiro jogo de controlo realizado em terras espanholas, por 72-67, os hendecacampeões africanos que procuram a sexta presença numa edição dos Jogos Olímpicos, após marcar presenças em Barcelona, Espanha, 1992, Atlanta, Estados Unidos da América, 1996, Sidney, Austrália, 2000, Atenas, Grécia, 2004 e Pequim, China, em 2008 respectivamente.

Carlos Morais, tetra campeão africano, e Reggie Moore, campeã africano, foram os melhores marcadores do cinco nacional, com 13 e 12 pontos, respectivamente.
Os vice -campeões africanos têm agendada uma partida frente à selecção de sub-23 de Espanha.

O seleccionador nacional, Carlos António Dinis, trabalha com 15 atletas dos 17 convocados para a “operação” Belgrado. (jornaldosdesportos)
M.C

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA