Cunene: Mais de mil novos professores são necessários para cobertura escolar

Lúcio Ndinoiti, director da Educação no Cunene (Foto: Angop)

A direcção da Educação na província do Cunene necessita de mil e 954 professores para satisfazer a demanda escolar a nível dos seis municípios da região, segundo dados divulgados nesta terça-feira, em Ondijva, pelo director da instituição, Lúcio Ndinoite.

Lúcio Ndinoite reafirmou que apesar do concurso actual de ingresso de novos professores as vagas disponibilizadas serão insuficientes para atender a rede escolar na região.

“Devemos reconhecer e enaltecer o Executivo Angolano que apesar do momento actual aprovou o crédito adicional especifico para admissão de funcionários do sector da educação e saúde, o que demostra a importância vital deste sector para o desenvolvimento do país, ” sustentou.

Segundo o responsável, as necessidades resultam dos dados estatísticos de escolas existentes, tendo em conta a dispersão da população, bem como a obrigatoriedade do ensino primário até a 9 ª classe que em Angola deve ser gratuito.

Esclareceu que estão a ser feitas diligências administrativas no sentido de cobrir as vagas deixadas por professores reformados, falecidos e de outras resultantes de abandono do lugar.

A província dispõe de seis mil e 65 professores. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA