Cuanza Norte: Quatro pessoas da mesma família morrem num incêndio

Criança vítima de incêndio (Foto: Diniz Simão)

Quatro pessoas de uma mesma família, entre elas duas crianças, morreram e duas ficaram feridas, vítimas de um incêndio ocorrido na sexta-feira, na localidade de Kianda, nos arredores da cidade de Ndalatando, Cuanza Norte, informou o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros na província.

Em declarações à Angop hoje, sábado, o porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros do Cuanza Norte, André da Costa, disse que o esquecimento de um candeeiro aceso terá provocado o incêndio do casebre de capim, onde as vítimas dormiam, por volta das 20 horas.

Segundo o responsável, as vítimas são o pai, a mãe e duas filhas com idades entre os três meses e três anos. No sinistro, outras duas filhas de cinco e 10 anos contraíram queimaduras do terceiro grau.

Entretanto, o director de enfermagem do Hospital Provincial do Cuanza Norte, onde as duas sobreviventes do sinistro recebem os cuidados, Lenvo Sebastião, considerou estável o estado de saúde das pacientes, pelo facto de não inspirar cuidados.

Esclareceu que as menores apresentam queimaduras do terceiro grau, tendo sido afectado os membros superiores e inferiores.

O elevado número de incêndios, e as várias mortes que lhe estão associadas, tem sido uma preocupação para as autoridades sanitárias, que apontam a negligência como a principal causa dos sinistros.

A falta de cuidados, principalmente no manuseamento das fontes de iluminação, tem sido a grande causa dos incêndios registados na província, geralmente nas comunidades, como referiu o responsável sanitário. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA