Copa América: «chapa 4» aos EUA coloca Argentina na final

(Mais Futebol)

A Argentina é a primeira finalista da edição centenária da Copa América. A seleção das Pampas bateu os Estados Unidos da América por 4-0 e repetem a presença na final, tal como em 2015.

Ezequiel Lavezzi marcou o primeiro golo logo aos dois minutos de jogo, a passe de Leo Messi, após um canto ensaiado em laboratório.

Os anfitriões EUA ainda tentaram reagir, mas nunca assustaram Romero e aos 32 minutos, o astro argentino iria piorar a situação dos norte-americanos. Livre direto e Messi a executar na perfeição com a bola a entrar mesmo no ângulo.

2-0 e com este golo Messi tornou-se o melhor marcador da história da seleção argentina, ultrapassando Batistuta, com 55 golos.

Mais golos só no segundo tempo. Logo aos cinco minutos da etapa complementar, Higuaín iria marcar após erro crasso na saída de bola do conjunto de Klinsmann.

Perto do fim, Leo Messi ofereceu a Higuaín a possibilidade de bisar e o avançado do Nápoles não desperdiçou.

4-0 final e o bilhete para a final assegurado, num jogo em que a Argentina não contou com Nico Gaitán por castigo e Di Maria por lesão.

Agora, a seleção orientada por Tata Martino vai esperar para saber se terá o Chile ou a Colômbia como adversário. (Mais Futebol)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA