Cantora do “The Voice” é morta em Orlando

(REUTERS)

Christina Grimmie, de 22 anos, foi morta a tiros enquanto dava autógrafos a fãs depois de um show. Suspeito se suicidou depois do crime.

A cantora americana Christina Grimmie, que se tornou uma estrela nos Estados Unidos depois de participar do programa musical The Voice, foi morta a tiros nesta sexta-feira (11/06), em Orlando, na Florida.

Um homem armado com duas pistolas atirou contra a cantora de 22 anos enquanto ela dava autógrafos aos fãs. Grimmie tinha acabado de participar de uma apresentação do grupo Before You Exit, na casa de shows Plaza Live.

“É com profundo pesar que confirmamos que Christina Grimmie, @TheRealGrimmie, morreu devido aos seus ferimentos”, escreveu o Departamento da Polícia de Orlando no Twitter.

De acordo com a polícia, o irmão da cantora “insurgiu imediatamente contra o suspeito, que disparou e se suicidou”. “Não sabemos se ele era apenas um fã maluco que a seguia nas redes sociais”, afirmou a porta-voz da polícia, Wanda Miglio, que classificou o ocorrido como “muito trágico”.

O suspeito ainda não foi identificado. A polícia também não sabe qual foi a motivação do crime. Grimmie chegou a ser levada para o centro médico regional de Orlando, mas morreu no local.

A cantora de Nova Jersey ficou em terceiro lugar na sexta temporada do concurso The Voice nos Estados Unidos, em 2014. Ela lançou seu primeiro EP, Find Me, em 2011.

“Não há palavras. Perdemos uma linda alma com uma voz maravilhosa. Nossos corações estão com os amigos, fãs e a família de @TheRealGrimmie”, diz uma mensagem postada pela organização do concurso The Voice no Twitter. (DW)

KG/dpa/lusa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA