Brexit: MNE francês pressiona europa para um divórcio rápido

MNE dos seis países fundadores da UE reúnem-se em Berlim. (Lusa/EPA)

Os ministros dos negócios estrangeiros dos seis países fundadores da UE encontraram-se hoje, em Berlim, para discutirem questões centrais do Brexit.

Em declarações na reunião dos representantes máximos da diplomacia dos países fundadores da EU, o ministro francês Jean-Marc Ayrault sublinhou que é uma falta de respeito por parte do Reino Unido brincar “ao gato e ao rato” com a Europa.

Segundo Ayrault, a Grã-Bertanha deve indicar uma clausula do artigo 50 da UE que permite iniciar o processo de saída da instituição rapidamente,

É claro que o novo primeiro-ministro britânico precisará de alguns dias, mas é algo urgente,”disse Ayrault à imprensa.

É do interesse britânico e do interesse dos europeus que não haja um período de incerteza, teria consequência financeiras, bem como consequências políticas e económicas,” acrescentou o ministro francês.

Também o ministro dos negócios estrangeiros da Bélgica, Didier Reynders, fez declarações quanto à necessidade de resposta da Europa em relação às questões de imigração, segurança e emprego.

O chefe da diplomacia alemã, Bert Koenders, acrescentou que a Europa não deve aceitar a incerteza política. “Isto não serão negócios com normalmente”. (TVI24)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA