Brexit: Merkel diz que “não há razão para ser demasiado duro nas negociações”

(EURONEWS)

Angela Merkel faz um apelo à calma, face às reações de alguns responsáveis europeus ao voto britânico pela saída da União Europeia.

A chanceler alemã defendeu negociações lúcidas com o Reino Unido, sem precipitações. Um tom mais conciliador do que o homólogo francês e vários representantes de instituições europeias, que na véspera pediam uma “rápida aplicação” do “Brexit”.

Merkel disse ter “a sensação de que não se deve tentar assustar, nas negociações da separação”. A chefe do governo alemão frisou estar “triste com o resultado do voto, mas não é uma razão para ser particularmente duros nas negociações, que devem ser conduzidas de forma profissional”.

O seu ministro dos Negócios Estrangeiros, Frank-Walter Steinmeier, tinha dito antes que as negociações deveriam começar “o mais rápido possível”.

Os chefes da diplomacia dos seis membros fundadores da União Europeia estiveram reunidos em Berlim para debater as consequências do “Brexit”. (EURONEWS)

por Rodrigo Barbosa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA