Brexit: Líderes europeus não abrem excepções no processo de divórcio com o Reino Unido

(EURONEWS)

É o primeiro encontro dos líderes europeus sem o Reino Unido: todos lamentam a saída dos britânicos mas agora as regras são para cumprir não haverá exceções. A garantia foi dada pelos presidentes da Comissão e do Conselho no final da reunião a 27.
Jean-Claude Juncker, à saída da conferência de imprensa lembrou que ‘todos estamos de acordo que qualquer país que quiser participar no mercado interno, que quiser negociar no mercado interno, tem de respeitar totalmente as “quatro liberdades”, em particular, a liberdade de circulação de pessoas”.

Além disso, todas as regras devem ser estritamente respeitadas, incluíndo os prazos legais deste divórcio. A chanceler alemã Angela Merkel voltou a sublinhar que “não vão existir negociações antes do Reino Unido enviar a notificação da saída”.

Os líderes europeus agora também querem resolver rapidamente os problemas que desencadearam o referendo britânico, como explica a correspondente da euronews, Isabel Marques da Silva: “depois de perderem a segunda maior economia da União, os restantes 27 Estados-membros estão agora focados em lutar contra o euroceticismo, nomeadamente em temas como a migração e os refugiados, segurança e emprego. Estas questões devem estar em cima da mesa da próxima Cimeira que decorre em Bratislava, a capital da Eslováquia, que vai assumir a presidência rotativa da União Europeia. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA