Barack Obama encontra-se com Dalai Lama na Casa Branca

Dalai Lama e Barack Obama (DR)

Reunião acontece apesar do protesto da China.

O Presidente dos Estados Unidos encontrou-se nesta quarta-feira, 15, com o líder espiritual tibetano no exílio, Dalai Lama, na Casa Branca, apesar de um alerta da China de que o gesto poderia prejudicar as relações diplomáticas.

O encontro aconteceu num momento de tensões elevadas entre os Estados Unidos e China por conta da contundência das pretensões territoriais de Pequim no leste asiático.

A quarta reunião de Barack Obama com Dalai Lama na Casa Branca nos últimos oito anos aconteceu na residência presidencial, ao invés do Salão Oval, onde o mandatário normalmente recebe líderes mundiais.

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse que a escolha da residência enfatizou “a natureza pessoal do encontro”.

Earnest disse que Obama agradeceu a Dalai Lama pelas condolências que este expressou pelas vítimas do massacre de Orlando, na Florida, no passado domingo.

O porta-voz acrescentou que no passado Obama já havia falado sobre os seus “sentimentos pessoais calorosos” por Dalai Lama, seu apreço pelos seus ensinamentos e a sua crença “na preservação das tradições religiosas, culturais e linguísticas únicas do Tibete”.

Ao mesmo tempo, Josh Earnest observou que a postura norte-americana de considerar o Tibete uma parte da China não mudou. (VOA)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA