Angola sabe que Portugal é um irmão que olha para o seu futuro, diz Marcelo Rebelo de Sousa

Higino Carneiro afirmou "querer por muito mais tempo" José Eduardo dos Santos na liderança do MPLA (Foto: D.R.)

Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou que o general Higino Carneiro “sabe como Portugal gosta de Angola”. Marcelo afirmou também que os portugueses “sabem como Angola gosta de Portugal”.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta quinta-feira que “Angola sabe que Portugal é um irmão que olha para a sua pujança, para a sua potência e para o seu futuro com alegria e aposta”.

Marcelo Rebelo de Sousa, que falava na abertura da Grande Conferência do Jornal de Notícias, no Porto, dirigia as suas palavras a Higino Carneiro, governador da província de Luanda e presidente da Assembleia Geral da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA), presente no evento.

O Chefe de Estado afirmou que o general angolano “sabe como Portugal gosta de Angola” e que os portugueses “sabem como Angola gosta de Portugal”.

“Angola sabe que Portugal é um irmão que olha para a sua pujança, para a sua potência e para o seu futuro com alegria e com aposta, e Angola sabe que tem em Portugal uma realidade aberta, qual plataforma entre culturas, continentes e civilizações, aberta na Europa mas aberta a todo o mundo, numa abertura que começa no coração dos portugueses como começa no coração dos angolanos”, disse o Presidente da República.

Higino Carneiro afirmou na terça-feira à Lusa “querer por muito mais tempo” José Eduardo dos Santos, chefe de Estado angolano há 36 anos, na liderança do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA).

“Obviamente que o MPLA precisa dele, ele é líder do nosso partido e nós queremo-lo por muito mais tempo”, disse à margem do encontro promovido pela UCCLA “Perspetivas Económicas dos Países da CPLP”, que decorreu no Porto. (OBSERVADOR)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA