Abertura dos mercados: Bolsas e euro em alta. Petróleo acima dos 50 dólares

(Bloomberg)

As principais bolsas europeias estão a negociar no verde, assim como o euro e o petróleo. A atenção dos investidores está voltada para o outro lado do Atlântico. Nos EUA vão ser divulgados dados relativos ao emprego.

Os mercados em números

PSI-20 soma 0,37% para 4.867,92 pontos

Stoxx 600 avança 0,28% para 345,31 pontos

Nikkei valorizou 0,48% para 16.642,23 pontos
Juros da dívida portuguesa a dez anos somam 1,2 pontos base para 3,175%

Euro aprecia 0,03% para 1,1154 dólares

Petróleo em Londres ganha 0,16% para 50,12 dólares o barril

Bolsas europeias no verde

Os principais índices europeus estão a negociar em terreno positivo. A liderar os ganhos no Velho Continente está a praça britânica, o Footsie, que soma 0,65%, seguido do principal índice holandês, que valoriza 0,64%. O Stoxx 600, índice de referência, aprecia 0,28%. O PSI-20 sobe 0,28%.

Na Ásia, a sessão foi sobretudo de ganhos, numa altura em que os investidores aguardam pela divulgação dos dados relativos ao emprego nos Estados Unidos. A expectativa do mercado é que com estes números consigam antever quando é que a Reserva Federal dos Estados Unidos (Fed) vai subir as taxas de juro.

Juros a subir

Os juros da dívida pública portuguesa estão a subir no mercado secundário, isto menos de 24 horas depois da reunião do Banco Central Europeu, na qual a autoridade monetária não fez alterações nem nas medidas nem no discurso. A dez anos, o prazo considerado de referências, as “yields” nacionais somam 1,2 pontos base para 3,175%. No mesmo prazo, mas no caso da dívida alemã, os juros exigidos pelos investidores para trocarem dívida entre si, seguem inalterados nos 0,114%. O prémio de risco da dívida nacional está nos 303,7 pontos.

Dólar sob pressão

A moeda norte-americana está a aproximar-se, de acordo com a Bloomberg, da primeira queda semanal face às 10 principais congéneres desde Abril. Este comportamento tem lugar numa altura em que o mercado aguarda pelo relatório relativo ao emprego nos Estados Unidos. Documento esse que pode ajudar a perceber quando é que vão ocorrer novas alterações na política monetária. Por esta altura, o euro cresce 0,03% para 1,1154 dólares

Brent acima dos 50 dólares

Os preços do petróleo estão a subir nos mercados internacionais. O West Texas Intermediate soma 0,08% para 49,21 dólares por barril. E o Brent do Mar do Norte, que serve de referência às importações portuguesas, avança 0,16% para 50,12 dólares por barril. Este comportamento tem lugar depois do encontro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), que terminou sem acordo para limitar a produção.

Ouro em alta ligeira à espera dos dados emprego

O ouro, para entrega imediata, está a registar uma valorização ligeira de 0,09% para 1.212,12 dólares por onça. A evolução da matéria-prima ocorre numa altura em que os investidores aguardam pelo relatório do emprego nos EUA.

Destaques do dia

BPI e Santander juntam-se ao BCP na venda do Novo Banco. O BPI e o Santander também estão a participar no processo de venda do Novo Banco. Tal como o BCP, os dois bancos pediram acesso à informação confidencial sobre a instituição de Stock da Cunha. Até ao final de Junho têm de decidir se apresentam propostas de compra.

Novo Banco pode exigir mais dois mil milhões ao BCP. Receios quanto a um aumento de capital voltaram a pesar nas acções. Os títulos tocaram um novo mínimo histórico ao afundarem no fecho da sessão. O banco perdeu 82 milhões num minuto.

Millennium também aposta na queda do BCP. A Millennium International Management, gestora liderada pelo multimilionário Israel Englander, abriu uma posição para lucrar com a queda do BCP nas vésperas do banco ser afastado do índice MSCI Global.

Ocidental “rouba” líder ao ActivoBank. Nelson Machado, vindo do banco electrónico do BCP, é o novo líder da área vida da Ocidental. O ramo não vida, a Medis, tem outro líder, Eduardo Consiglieri. O CEO até aqui continua na liderança do antigo negócio da Axa.

Isabel dos Santos nomeada presidente da Sonangol. A empresária angolana foi nomeada presidente do conselho de administração da Sonangol. A decisão foi formalizada através de um despacho do Presidente da República.

CaixaBI sobe preço-alvo da JM com Polónia e Colômbia a darem o mote. Os analistas da unidade de investimento da CGD elevaram em 7% o preço-alvo da Jerónimo Martins, para 15,20 euros por acção. Dizem que a Colômbia é verdadeiramente promissora, mas que o “motor” é a Polónia.

OPEP deixa tudo na mesma com petróleo nos 50 dólares. A OPEP não chegou a acordo para limitar a produção. O preço do “ouro negro” ainda se ressentiu mas a quebra dos “stocks” nos EUA levou o preço novamente para cima da fasquia dos 50 dólares.

Oito anos depois, EDP Renováveis está mais perto dos oito euros. Quem resistiu, mantém perdas potenciais na carteira com a aposta feita na empresa de “energias verdes” antes da crise. Mas com os resultados a crescer, há cada vez mais analistas que apostam num regresso das acções ao preço da OPV.

O que vai acontecer hoje

Zona Euro

São divulgados os números das vendas a retalho, referentes a Abril.

EUA

Divulgação dos dados da balança comercial, relativos a Abril

São conhecidos os dados da criação de novos postos de trabalho (“payrolls”) e outros indicadores laborais, relativos a Maio, incluindo a taxa de desemprego.

Divulgação dos dados sobre as encomendas industriais, relativas a Abril. (Jornal de Negocios)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA