A agenda de Isabel dos Santos para a Sonangol

(Foto: D.R.)

Isabel dos Santos, que passa a presidir ao conselho de administração da Sonangol EP revela, numa declaração distribuída em comunicado com a data de hoje, 2 de Junho, as prioridades para a empresa. A nova presidente da Sonangol esclarece que ‘a nova equipa terá como principal objectivo a implementação do novo modelo para o sector petrolífero angolano.

A execução do ‘Programa de Transformação’, acrescenta o comunicado, ‘terá como foco: diminuir os custos de produção e a optimizar os recursos, tendo em vista aumentar a competitividade internacional do sector petrolífero angolano; aumentar a rentabilidade da empresa e os dividendos para o accionista Estado; assegurar a transparência na gestão e a aplicação de standards internacionais de reporte e de governança; melhorar a relação com os fornecedores e com os restantes parceiros do sector numa perspectiva de médio e longo prazo; promover a responsabilidade com a comunidade, reconhecendo o papel chave da Sonangol EP na sociedade angolana’.

A nova presidente da Sonangol revela ainda terem sido seleccionadas três consultoras para apoiar o conselho de administração na ‘boa execução do Programa de Transformação’. São elas The Boston Consulting Group (BCG), a PwC e a Vieira de Almeida & Associados.

O comunicado considera que, dado o contexto difícil que os produtores de petróleo enfrentam face a ‘uma quebra acentuada e prolongada do preço’, a gestão da crise ‘faz parte da agenda de todas as empresas do sector’.

A redução de custos e o aumento dos lucros e da competitividade são, refere o texto do comunicado, ‘prioridades estratégicas obrigatórias’.

A declaração de Isabel dos Santos adianta que ‘temos, como empresa, que nos comprometer com uma cultura de fazer mais com menos e de nos focarmos na excelência e em resultados. A excelência é a nossa melhor defesa. A excelência é o nosso melhor ataque’.

‘Acredito, refere a nova presidente do conselho de administração da Sonangol EP, que esta cultura de excelência permitirá enfrentar com sucesso os grandes desafios que o novo contexto do sector petrolífero coloca à Sonangol e ao País’.

Isabel dos Santos foi hoje nomeada  presidente do conselho de administração da Sonangol pelo Presidente da República, informação veiculada pela Casa Civil da Presidência. Para presidente da comissão executiva da petrolífera, um novo órgão criado no âmbito da reestruturação da empresa, foi nomeado Paulino Fernando de Carvalho Gerónimo, que transita do anterior conselho de administração, presidido por Francisco de Lemos José Maria.

De acordo com o novo modelo para o sector petrolífero, cabe doravante à Sonangol EP a gestão e monitorização dos contratos petrolíferos. A Sonangol deixa de fazer pesquisa e produção e realizar licitações. As participações que detém em várias sociedades do sector em diferentes segmentos de actividade transitam para sociedades gestoras públicas onde um novo órgão colegial passa a exercer a função accionista do Estado. A atribuição de blocos petrolíferos passa a ser feita pela nova Agência para o Sector Petrolífero.

Isabel dos Santos, recorde-se, participou no comité de reestruturação da Sonangol e do sector petrolífero nacional. (opais)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA