X reunião executiva dos provedores de justiça de África foi produtiva – Paulo Tchipilica

Paulo Tchipilica - Provedor de Justiça (Foto: Lino Guimarães)

O Provedor de Justiça de Angola, Paulo Tchipilica, considerou hoje, domingo, em Luanda, de bastante produtiva a X Reunião do Comité Executivo da Associação dos Provedores de Justiça de África (AOMA), pois permitiu conhecer a realidade do sector de cada país membro da organização.

A sua chegada ao país, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o Provedor de Justiça em jeito de balanço disse à Angop que a reunião que decorreu de 18 a 21 de Maio em Lusaka (Zambia) foi muito produtiva e importante, na medida em que a agenda permitiu discutir vários assuntos inerentes a actividade desenvolvida pelos provedores nos seus respectivos países, bem como os problemas que cada provedor enfrenta no seu país.

“ Foi uma reunião muito importante não só pelo número de participação ao mais alto nível,mas também porque tomamos conhecimento de cada realidade e assim doravante podemos tomar posições com relação a vários países”.

Segundo o Pprovedor, durante o encontro foram reanalisados todos os relatórios dos países membros presentes e das diversas regiões, nomeadamente Norte, Sul, Central, Este, Oeste e da região do Índico.

Dentre outros assuntos foi também analisada a situação do Burundi, lembrando na ocasião que este país coordena os serviços da organização que cuida de analisar todas as questões inerentes a religião, que tem por missão pacificar as consciências e não dar por vezes origem a instabilidade que muitas vezes se verifica.

Paulo Tchipilica disse que o encontro abordou também a agenda da V Assembleia Geral da organização, que vai conjuntamente celebrar o 50º aniversário da institucionalização da figura do provedor de Justiça.

Salientou que ficou estabelecido que a República da Zâmbia vai acolher a V Assembleia Geral, na cidade de Livingstone em Agosto do próximo ano. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA