Visita do número três do governo chinês a Hong Kong sob protestos

(EURONEWS)

O “número três” da hierarquia política da República Popular da China, Zhang Dejiang, promete ouvir as reivindicações da população da vizinha Região Administrativa Especial de Hong Kong.

Durante a visita que ontem iniciou à antiga colónia britânica, o presidente da Assembleia Nacional Popular que é o mais importante responsável do Continente a visitar Hong Kong nos últimos quatro anos, garante que Pequin tem como estratégia a prosperidade e a estabilidade de Hong Kong.

“O governo central chinês atribui grande importância à prosperidade e estabilidade de Hong Kong, e o seu papel na estratégia nacional.”

A visita foi criticada pelo impressionante dispositivo de segurança mobilizado, que implica manter todas as manifestações longe do dirigente chinês.

Várias organizações pró-democracia convocaram uma marcha para esta quarta-feira contra a crescente influência de Pequim e do Governo Central na condução dos assuntos de Hong Kong.

O Vice-Presidente do Partido Cívico, Tanya Chan declarou:

“Nós queremos ter a oportunidade de falar com o Sr. Zhang diretamente porque até agora ele é o mais alto funcionário do governo chinês a visitar-nos. Queremos expressar as nossas opiniões e as nossas preocupações e as nossas opiniões sobre o nosso governo e a interferência do governo chinês “.

A visita de Zhang, oficialmente para uma conferência económica, é considerada por observadores como um gesto para acalmar as tensões e o dignitário tem nomeadamente previsto reunir-se com deputados pró-democracia. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA