Temer é alvo de protesto no Rio

(© Jornalistas Livres / Facebook)

Um ato, convocado às pressas por meio das redes sociais nesta segunda-feira (23) e pautado pela divulgação da gravação do áudio do ministro do Planejamento Romero Jucá e do senador Sérgio Machado (PMDB-RR), reuniu na Cinelândia, no centro do Rio de Janeiro, um grande grupo de manifestantes contrários ao governo do presidente interino Michel Temer.

A manifestação, que ocupou a escadaria da Câmara Municipal do Rio e parte da Praça Floriano, a Cinelândia, se uniu a um ato da CUT. Outras centrais sindicais e coletivos como a Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo também se juntaram ao ato. A maioria dos presentes, no entanto, aparentava não ter qualquer vinculação a entidades de classe.

Um carro de som com microfone aberto foi disponibilizado pela CUT para que quem quisesse se manifestar sobre o momento político atual. (SPUTNIK)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA