Setenta porcento das famílias angolanas vive em casa própria

Maioria da população angolana tem casa própria (Foto: Clemente dos Santos)

Setenta porcento dos agregados familiares angolanos vive em habitação própria, segundo dados estatísticos definitivos do Recenseamento Geral da População e Habitação, realizado em 2014 pelo do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o relatório final do estudo, 19 porcento das famílias angolanas vive em casas arrendadas e seis em compradas ou em processo de compra.

O estudo realça que a proporção de agregados familiares, segundo o regime de ocupação da habitação, é de 69,7 porcento construída pelo próprio, 18,5 arrendada ao privado, 4,3 cedida por privado, 3,5 totalmente paga, 2,2 em processo de compra, 7 arrendada ao estado e dois não declarado.

Cada habitação possui, de acordo com o documento, em média três divisões, sendo o número médio de quartos para dormir, por habitação, de 1,6 e o de pessoas para o mesmo cómodo de 2,9.

Dados definitivos do Censo Geral indicam que a população angolana é estimada em 25 milhões 789 e 24 habitantes, dos quais 13 milhões e 289 são mulheres, o que representa 52 por cento, e 12 milhões e 499 são homens, equivalente a 48 por cento.

O Recenseamento Geral da população e habitação realizou-se de 16 a 31 de Maio de 2014, denominado “Censo 2014”, a luz da lei 3/11 de 14 de Janeiro, da Lei do Sistema Estatístico Nacional, a nível do território nacional. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA