Rússia criará base militar em Palmira, diz média

(Sputnik/ Dmitry Vinogradov)

A Rússia transformou parte da cidade síria de Palmira em base militar para preparar tropas para operações antiterroristas, informou nesta segunda (9) o site Lenta.ru citando a agência Al Masdar News.

O artigo, divulgado pelo portal árabe, diz que o jornalista da agência France Presse publicou um vídeo que mostra o território da base cercada, onde se encontram sistemas de artilharia antiaérea móvel “Pantsir-C1”.

Como afirma Al Masdar News, os analistas acreditam que a nova base no deserto sírio confirma as intenções da Rússia de ampliar a zona de operações antiterroristas até a cidade de Deir ez-Zor e a cidade de Raqqa, que o grupo Daesh considera como sua capital.

Também a agência afirma que, por enquanto, no aeroporto militar de Palmira não tem caças da Força Aeroespacial da Rússia. No entanto, espera-se que em breve a aviação militar russa seja deslocada para a cidade.

Desde Setembro do ano passado a Rússia ajuda o governo da Síria a combater contra o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia). Por exemplo, em março deste ano foi liberada a cidade de Palmira. As forças militares da Síria conseguiram reaver o controlo sobre a cidade com o apoio da sua aviação e da aviação russa.

Em meados de Março, a Rússia começou a retirada das forças da república árabe. Os militares russos na Síria continuam a usar o aeródromo de Hmeymim, perto de Latakia, e a cidade de Tartus como centro da logística. (SPUTNIK)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA