Risco soberano de Angola revisto em baixa pela Moody’s Investors Service

Edifício sede do Ministério das Finanças (Foto: DR)

O Ministério das Finanças informa que a Moody’s Investors Service revê em baixa a revisão da notação do risco soberano de Angola de Ba2 para B1, com uma perspectiva negativa.

De acordo com uma nota da instituição, a que Angop teve acesso hoje (Domingo), em Luanda, esta revisão do rating soberano insere-se no âmbito da sétima avaliação anual da notação do risco soberano, levada a cabo pela referida agência de notação de risco, após um processo de vigilância a que o país esteve submetido, desde o mês de Fevereiro de 2016.

“As vulnerabilidades criadas para a posição fiscal e externa, e para o crescimento potencial do país, pela queda estrutural e prolongada do preço do petróleo, e que impactam a matriz da dívida governamental, constituíram os factores centrais indutores da reclassificação do Rating Soberano de Angola para B1, não obstante os elevados esforços em termos de respostas de política, incluindo os de índole estrutural, que o Governo de Angola tem vindo a implementar, para a garantia da estabilidade conjuntural até então mantida, e para o aprofundamento da agenda de reformas estruturais de que o país precisa realizar”, lê-se no documento. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA