Professores do Mungo capacitados sobre tratamento da água e higiene

Professores no Mungo formados sobre tratamento da água (Foto: Angop)

Professores do ensino primário do município do Mungo, 130 quilómetros da cidade do Huambo, foram capacitados esta quinta-feira sobre o tratamento da água, saneamento, higiene e educação.

O evento, promovido pela Direcção da Educação, Ciência e Tecnológicas na província do Huambo, em parceria com a Organização Não-governamental “Mentor”, visou doptar os professores de conhecimentos básicos sobre a saúde nas comunidades, para instruírem, de maneira rotineira, os seus alunos durante as aulas.

Durante a formação, os participantes aprenderam matérias atinentes a educação para a saúde, metodologia, ciclo de transmissão da doença e programas práticos sobre a implementação da higiene no recinto escolar, além de terem beneficiados de kits de higiene escolar e para o tratamento da água.

Discursando no encerramento, a administradora adjunta do município do Mungo, Rebeca Somayakuenje, disse tratar-se de uma iniciativa louvável, que, de certa medida, vai ajudar a melhorar o saneamento básico nas escolas do ensino primário, reduzindo, deste modo, casos de doenças resultantes do consumo de água imprópria.

Por isso, exortou os recém-formados a ensinarem da melhor forma possível os alunos e outros membros da comunidade escolar, para o combate da malária, da febre tifóide e das doenças diarreicas agudas, registadas com maior frequência na municipalidade.

A coordenadora do projecto água, saneamento, higiene e educação da ONG Mentor, Helena Catalã, disse ser um programa que está a decorrer em seis municípios, dos 11 que compõem a província do Huambo, para melhorar a qualidade de vida dos alunos e seus familiares, através do combate de doenças resultantes do consumo de água imprópria e da falta de saneamento nas instituições escolares.

Acções idênticas foram realizadas nos municípios da Caála, Chicala-Chilohanga, Bailundo, Londuimbali e Ecunha. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA