OTAN se diz pronta para intervenção na Líbia

(REUTERS/ Francois Lenoir)

A OTAN está pronta para intervir na situação da Líbia, caso o governo de unidade nacional (GNA) faça um pedido nesse sentido, declarou hoje o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte, Jens Stoltenberg, durante encontro com o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, em Roma.

“Nós estamos prontos para ajudar a Líbia a construir suas próprias instituições de Defesa se assim for solicitado pelo Governo de União Nacional como parte de um esforço mais amplo liderado pela ONU. E eu falei recentemente com o primeiro-ministro Sarraj sobre como a OTAN pode ajudar, e ele irá, em breve, enviar uma equipe de especialistas para organização para identificar como nós podemos ajudar o novo governo líbio”, disse Stoltenberg.

Mais cedo, Renzi havia declarado à imprensa que a Itália não tinha intenção de enviar tropas para a Líbia e que Roma pretende promover a estabilidade no país africano através de canais diplomáticos. Entretanto, o primeiro-ministro destacou que qualquer decisão sobre intervenção militar italiana em outros territórios deve ser aprovada pelo parlamento do país. (SPUTNIK)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA