Museu da Moeda recebe 2 mil pessoas, quatro dias após inuaguração

Edificio do Museu da Moeda (Foto: Francisco Miudo/Arquivo)

Duas mil pessoas visitaram já o Museu da Moeda, quadro dias após a sua inauguração, pelo Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, segundo indica uma nota de imprensa do Banco Nacional de Angola (BNA) chegada hoje à Angop, em Luanda.

O documento refere ainda que infra-estrutura moderna e arrojada, que recebe uma média de 500 visitantes por dia, foi construída abaixo do solo e está localizada na Avenida 4 de Fevereiro – Baía de Luanda.

A nota refere que a construção da infra-estrutura visa relembrar a História da moeda angolana, desde o Nzimbu ao Kwanza, promover o conhecimento, bem como ser um instrumento ao serviço do programa de educação financeira do banco central.

Na parte de cima do empreendimento, o espaço que até ao momento da inauguração esteve interdito foi devolvido ao público, agora designado por Praça Saydi Mingas. É um local para usufruto de todos, sobretudo estudantes interessados em descontrair, investigar ou estimular o pensamento.

O Museu da Moeda dispõe de uma sala de exposições permanentes, loja de brindes, bengaleiro, sala de exposições temporárias e o auditório Saydi Mingas, com 209 lugares.

A administração do BNA pretende dinamizar, no mesmo espaço, actividades culturais e académicas de vária índole, pelo que decorrem estudos, para que brevemente o Museu da Moeda acolha debates, workshops, exposições e acções afins.

Para além de aumentar o número de museus em Luanda e Angola, esta nova infra-estrutura contém informações detalhadas sobre as moedas angolanas usadas nas transacções comerciais desde o início da era colonial aos dias de hoje (Nzimbu, Libongo, Sal, Marfim, Contas e o Kwanza). (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA