Moxico: Situação política na RML é calma – comandante

João Serafim Kiteculo - Tenente General da Região Militar Leste Provincial (Foto: David Dias)

A situação política e militar na Região Militar Leste (RML) das Forças Armadas Angolanas (FAA) continua a ser calma, fruto da prontidão e abnegação dos efectivos, assegurou nesta quinta-feira, no Luena (Moxico), o comandante da região, tenente-general João Serafim Kiteculo.

Ao fazer um breve balanço da visita efectuadas às unidades e subunidades militares do Moxico, Lunda Norte e Lunda Sul (províncias componentes da região Leste), sublinhou que há tranquilidade nas fronteiras comuns com a República Democrática do Congo (RDC) e a Zâmbia.

Sustentou que ao longo das fronteiras não há risco e ameaça interna ou externa, fruto do empenho, abnegação, determinação e espírito patriótico dos efectivos ali destacados.

Quanto a visita às unidades, informou que serviu para elucidar sobre a situação operativa geral a nível do território, bem como avaliar o estado de acomodação e anímico das tropas, para salvaguardar a região.

João Kiteculo disse também que a visita serviu para constatar as orientações do comando superior do Exército Nacional, quanto ao processo de reedificação, execução, registo e controlo da preparação combativa, operativa e educativo-patriótica.

Em função da desaceleração económica no país, derivada da queda do barril do petróleo no mercado internacional, o comandante exortou os efectivos a fazerem contenção dos seus recursos e dos meios técnicos postos à sua disposição. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA