Ministro do Interior moçambicano reagiu a atentado contra analista político

Jaime Macuane, analista político que foi baleado na passada segunda-feira em Marracuene, na província de Maputo (DR)

Jaime Basílio Monteiro, ministro moçambicano do interior, descarta a hipótese de envolvimento do Estado no atentado à vida do analista político, Jaime Macuane.

O ministro moçambicano do interior, Jaime Basílio Monteiro, afastou o envolvimento do Estado no atentado contra a vida do académico e analista político Jaime Macuane, ocorrido na última segunda-feira em Marracuene, na província de Maputo.

Enquanto isso, o vice ministro do interior José Coimbra revelou que a polícia está na posse de informações que dão conta do surgimento de novos corpos sem vida em outros pontos do país. Afirmou ainda que vai “verificar se estas informações são verídicas ou não”.

São declarações prestadas no final da audição a comissão dos assuntos constitucionais, direitos humanos e de legalidade da Assembleia da República. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA