Mas é a kínguila

(NOVO JORNAL)

A notícia foi passada da pior maneira possível. Só pode ter sido um engano. Ou, então, uma “descompetência” terrível. O Banco Nacional de Angola quer acabar com as kínguilas para travar a inflação, dizia a notícia. Ora, como é que as kínguilas influenciam na inflação? Se me disserem que é porque os importadores compram dólares às Kínguilas, então os preços dos produtos deveriam reflectir o valor do dólar no mercado negro, o que já nos teria matado a todos. As kínguilas ressurgiram porque há escassez de dólares no mercado oficial.

Este é o problema. Um problema que é maior quando elas se apresentam com cédulas de dólar novas, o que levanta a pergunta sobre de onde lhes vem o dinheiro. As kínguilas são um problema de Polícia. E ainda bem que o novo governo do BNA fala em moralização e quer acabar com elas. Seria bom que se preocupasse também com o preço livre praticado pelas casas de câmbio quando têm dólares.

Já ouvi tudo o que é desculpa sobre as kínguilas. No Lubango ouvi um ex vice-governador do BNA dizer que os dólares das kínguilas vinham dos garimpeiros. O antigo governador culpou os cidadãos que os obtêm para viagens. Os americanos não gostaram de encontrar noutros lugares (esquisitos) dólares de séries enviadas a Angola. O BNA e a Polícia também podem vigiar as séries vendidas aos bancos comerciais e saberá de onde vem o dinheiro das kínguilas. (OPAIS)

por

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA