Malanje: Luquembo ganha novas escolas primárias

Londuimbali ganha novas salas de aulas (Foto: Angop)

Três novas escolas do ensino primário com capacidade para 135 alunos cada serão inauguradas este ano nos sectores de Sibede, Sifundo e Samona, no município de Luquembo, visando a inserção de mais alunos no sistema de ensino.

A informação foi prestada quarta-feira à Angop, pelo director municipal da educação de Luquembo, Manuel Manecas Joaquim, tendo adiantado que as infra-estruturas construídas de raíz vão permitir a melhoria da qualidade de ensino na região.

Manuel Joaquim deu a conhecer que a construção das escolas insere-se no programa de desenvolvimento rural e de combate à pobreza ao nível do município, em curso este ano.

Garantiu que ao nível das comunidade mais recônditas, até 2020, com esforços da administração municipal em parceria com o governo da província, serão construídas várias infra-estruturas escolares, de modo a permitir que a camada estudantil consiga ver melhorada as condições de acomodação, bem como do sistema educacional.

Actualmente o sector da educação em Luquembo conta com 201 salas de aulas e 191 professores, números ainda insuficiente para dar a resposta a demanda, tendo em conta a existência de 51 mil e 647 habitantes do município.

O município de Luquembo ocupa uma extensão de 10 mil e 971 quilómetros quadrados, com uma população maioritariamente camponesa espalhada pelas comunas de Dombo-wazanga, Rimba, Capunda, Quimbango e Cunga Palanga. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA