Malanje: Envolvimento de estudantes em projectos de pesquisa eleva nível de competências

Manuel Campo - Vice governador para a área política social de Malanje(Arquivo) (Foto: ANGOP)

O vice-governador provincial para o sector político e social, Manuel Campo, considerou sábado, nesta cidade, o envolvimento de estudantes universitários em diferentes projectos científicos, como uma importante ferramenta de promoção do conhecimento, bem como demonstração do comprometimento da comunidade estudantil na resolução dos diferentes problemas sociais.

O responsável fez tal consideração durante a abertura dos “Sábados Científicos” promovido pelo Instituto Superior Politécnico de Malanje (ISPM), que consiste na apresentação de resultados de investigações científicas e debate de temas de interesse à comunidade científica.

Segundo disse, a juventude, devidamente formada e capacitada, representa um factor de desenvolvimento e de resposta dos mais variados desafios impostos pela sociedade, daí a obrigação da juventude estudantil elevar cada vez mais o seu nível de competência, por ser o garante da continuidade do progresso social e económico do país.

Nesta conformidade, disse que o governo angolano tem feito um grande investimento em prol do desenvolvimento do ensino superior no país, com particular realce para o Plano Nacional de Formação de Quadros (PNFQ), que visa sobretudo formar quadros capazes para desenvolverem acções em toda extensão do país, de modo a transformar o conhecimento em instrumento para equacionar algumas dificuldades com que a população se debate.

Por sua vez, o director-geral do Instituto Superior Politécnico de Malanje (ISPM), Eduardo Ekundi Valentim, disse que o evento ora aberto, surge da necessidade de incutir aos estudantes o espírito científico.

Fez saber que a formação eficiente não se compadece com um ensino preocupado apenas com o acúmulo de conhecimento, mas sim, com todo um envolvimento da comunidade científica em actividades curriculares e extra-curriculares, voltadas para o conhecimento da realidade das comunidades e resolução dos problemas que afligem as mesmas.

“O desafio da universidade no mundo moderno é a de formar indivíduos capazes de buscar conhecimentos e saber utilizá-los”, ressaltou.

A actividade “sábados científicos” que será realizada nos últimos sábados de cada mês, culminou com a apresentação de trabalhos científicos desenvolvido por estudantes do curso de Enfermagem e Psicologia clínica.

Lembrar que a Instituto Superior Politécnico de Malanje faz parte da 4ª Região Académica e dispõe de cursos se Ciências Farmacêuticas, Enfermagem e Psicologia clínica. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA