Lideres africanos devem trabalhar para resgatar os valores do continente

Líder da Igreja Teosófica Espírita, Suzete João (Foto: Francisco Miúdo)

Os líderes africanos devem trabalhar no sentido de resgatar os valores que o continente vem perdendo ao longo dos anos devido a cobiça de outros povos, afirmou a líder espiritual de Igreja Teosófica Espírita, profetisa Suzete João.

Em declarações à imprensa sobre o dia de África, que se assinala a 25 de Maio, Suzete João afirmou que o continente berço da humanidade tem muitas riquezas, mas os seus povos não conseguem desfrutar das mesmas devido a ausência de políticas consequentes para a sua valorização.

“Os líderes dos nossos países devem se unir e traçar programas que visem tirar o continente do sub desenvolvimento e o primeiro passo deve consistir na mudança de mentalidade segundo a qual, os colonizadores é que devem explorar as nossas riquezas”, realçou.

Para Suzete João, África deve se reerguer das cinzas resolvendo os diferentes conflitos que assolam alguns países, em regiões importantes do continente, assim como combater o terrorismo e outras acções que contribuem para o seu empobrecimento.

“África deve deixar de ser apenas um continente produtor de matéria prima para que os produtos sejam manufacturados nos países colonizadores, mas também deve criar mecanismos para criar a sua própria riqueza que permita os seus povos desfrutarem das mesmas”, aconselhou.

No dia 25 de Maio do corrente ano assinala-se o 53º aniversário da fundação da União Africana, sendo esta data instituída como Dia de África. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA