Juros da dívida de Moçambique batem recorde

Metical, moeda de Moçambique (VOA)

As taxas de juro exigidas pelos investidores nos títulos de dívida soberana de Moçambique bateram o recorde de 17,41 por cento nesta quarta-feira, 18, de acordo com a agência de notícias financeira Bloomberg

A taxa de juro da dívida soberana subiu a 177 pontos base hoje, depois de o ministro da Economia e Finanças ter alertado para a possibilidade de falta de pagamento já na próxima semana da Mozambique Assets Management (MAM), empresa beneficiada com créditos garantidos pelo Estado moçambicano sem conhecimento do Tesouro.

Adriano Maleiane revelou que a MAM está a negociar para reestruturar porque ainda não tem receitas suficientes para pagar o valor de 178 milhões de dólares da primeira prestação.

A subida da taxa de juro que os investidores cobram para transaccionar os títulos de dívida, no valor de cerca de 726 milhões de dólares – que resultaram de uma troca de obrigações da Empresa Moçambicana de Atum, no mês passado – representa uma subida de 70 por do custo face aos juros de 10,5% inicialmente acordados. (VOA)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA