Inferno em Valparaíso no dia do discurso presidencial sobre o estado da nação (vídeo)

(EURONEWS)

A cidade chilena de Valparaíso assemelhou-se a um inferno durante um protesto anti governamental no dia do discurso presidencial sobre o estado da nação.

A manifestação começou como uma marcha pacífica, mas, à semelhança de anos anteriores, depressa se transformou em confrontos com a polícia, que respondeu com gás lacrimogéneo e jactos de água pressurizada.

Um homem morreu por asfixiação depois de edifícios municipais terem sido incendiados na baixa da cidade.

A presidente, Michelle Bachelet, eleita em 2013, tem visto a sua popularidade descer. O Chile terá eleições presidenciais em 2017.

No discurso proferido no Congresso Nacional, Bachelet não surpreendeu com medidas de fundo, mas mostrou-se consciente da insatisfação crescente, numa altura em que o tempo escasseia para a implementação e consolidação da política que prossegue, afirmando: “Meus caros compatriotas, enquanto Presidente estou ciente das responsabilidades económicas do Estado, ainda mais num tempo de reformas e no meio de um cenário internacional complicado. Estratégias de longo prazo requerem finanças públicas saudáveis, porque o populismo é a oposição à mudança séria.”

A Presidente sublinhou ainda a conquista de reformas na educação, mas o fraco crescimento económico e uma queda acentuada do valor do cobre, de que o Chile é o maior exportador mundial, fazem com que o descontentamento seja generalizado. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA