Huíla: Melhorada distribuição de água no canal de irrigação da Matala

Canal de Irrigação da Matala (Foto: Fernando Jamba)

O canal de irrigação do município da Matala, província da Huíla, recebe, actualmente, água 24 horas ao dia, contrariamente as três horas anteriores, graças ao processo de reabilitação implementada na barragem hidroeléctrica.

De acordo com o Presidente do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento da Matala Sodmat, Cipriano Ndulumba, que prestou a informação hoje à Angop, a primeira parte de reabilitação da barragem hidroeléctrica da Matala trouxe muitos benefícios aos camponeses do perímetro irrigado.

Cipriano Ndulumba admitiu haver problemas nos sistemas secundários de abastecimento de água ao nível de lotes, que se encontram obsoletos, situação que tem dificultado os camponeses em fazer chegar a água as terras agricultáveis.

O responsável afirmou que desde que a primeira parte da reabilitação da barragem hidroeléctrica da Matala, o canal de irrigação, de forma geral, tem água ao longo de todo ano, o que pode permitir aumentar a produção de cereais na presente campanha agrícola.

Sublinhou que um dos maiores problemas que o camponês do perímetro irrigado enfrenta é a falta de fertilizantes para potenciação dos solos, mas que está a se trabalhar com as entidades para encontrar uma solução para que a produção não seja comprometida, principalmente a de batata-rena.

O município da Matala dista a 180 quilómetros a leste do Lubango, sede da província da Huíla. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA