Huíla: FNUAP lança projecto “Gravidez Zero nas Escolas”

A representante do Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP), Kourtoum Nacro (ANGOP)

A representação do Fundo das Nações Unidas Para a População (FNUAP), em Angola, lançou nesta sexta-feira, na cidade do Lubango, província da Huíla, um ciclo de formação sobre a gravidez precoce, no âmbito de um projecto denominado “Gravidez Zero nas Escolas”.

O ciclo de formação, que tem a duração de quatro dias, vai abranger escolas do primeiro e segundo ciclo da cidade do Lubango, formar em cada instituição 30 meninas que deverão transmitir os conhecimentos às outras que frequentam aulas em diversas instituições de ensino.

De acordo com um programa a que a Angop teve acesso, o objectivo é actualizar os conhecimentos de mobilizadores sobre a saúde sexual e reprodutiva, incluído a prevenção da gravidez precoce, doenças de transmissão sexual, VIH/Sida e da violência baseada no género.

Os participantes vão abordar assuntos sobre os compromissos de Angola relativos aos direitos de adolescentes e jovens, informações de qualidade e mensagens chave relativas a saúde reprodutiva desta camada.

Compartilhar com os participantes os conceitos relativos ao género e violência baseada na família, prestar suporte técnico aos jovens na elaboração de um plano de acção para a disseminação das informações sobre as doenças sexuais nas respectivas comunidades e áreas de actuação.

Com estas acções de formação, o Fundo da Nações Unidas para a População (FNUAP) espera que os participantes sejam capazes de planificar e desenvolver actividades de informação, educação e sensibilização sobre doenças transmissíveis sexualmente para adolescentes na escola e fora dela.

Espera-se ainda identificar os principais compromissos internacionais, regionais e nacionais de Angola relacionados com adolescentes e jovens, dominar mensagens chaves sobre os direitos dos mesmos e o aconselhamento. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA