Huambo: Vice-governador aconselha alunos evitarem consumo de bebidas alcoólicas

Guilherme Tuluca - vice-governador provincial para o sector Político e Social do huambo (Foto: Edilson Domingos)

Os alunos da escola do II ciclo do ensino secundário “Comandante Vilinga”, na cidade do Huambo, foram aconselhados, quarta-feira, pelo vice-governador provincial para o sector Político e Social, Guilherme Tuluca, no sentido de evitarem o consumo de bebidas alcoólicas e da gravidez precoce, factores que podem colocar em risco o sucesso académico e profissional dos jovens.

O vice-governador fez esse pronunciamento quando falava na abertura da Semana Nacional de Reflexão Contra Fuga à Paternidade, que encerra dia 30 deste mês, tendo lamentado o facto de se estar a verificar muitas adolescentes já com filhos e outros a consumir bebidas alcoólicas e drogas, comprometendo o seu futuro.

“Ser pai ou mãe exige o máximo de responsabilidade, motivo pelo qual, deve-se em primeiro lugar, criar as condições mínimas necessárias, que passam pela formação e por um trabalho digno, para que a criança nasça num meio familiar confortável”, sublinhou.

Lembrou que o consumo de produtos nocivos acelera o envelhecimento dos jovens, que são a força motriz de qualquer sociedade, na medida em que essas drogas enfraquecem as imunidades do organismo, diminuindo o intelecto, além de contribuir para os casos de gravidezes precoce e de fuga à paternidade.

“É desagradável ver um jovem caído na rua por ter consumido bebidas alcoólica em pleno dia laboral ou então uma jovem grávida, mas sem qualquer compromisso com a pessoa que a terá engravidado. É necessário o reforço do diálogo no seio das famílias, para que este mal seja banido na sociedade”, sublinhou.

Por isso, o vice-governador da província do Huambo instou à juventude no sentido de estar consciencializada em relação aos valores morais, cívicos, culturais e religioso, contribuindo para a construção de uma sociedade mais digna em termos de princípios éticos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA