Hastear da bandeira marca comemorações das festas da cidade de Cabinda

Vista parcial da Província de Cabinda (Foto: Angop)

O hastear da bandeira da República de Angola, bênção religiosa e tradicional marcaram no sábado, o acto simbólico das comemorações do 28 de Maio, 60º aniversário da ascensão de Cabinda à categoria de cidade.

O acto, decorrido defronte a administração municipal de Cabinda, presenciado pela governadora provincial, Aldina da Lomba Catembo, foi também preenchido com a exibição do grupo cultural Marigas e dos Bakama do Tchizo, um dos símbolos mais marcantes da cultura tradicional de Cabinda.

O programa das festas da cidade de Cabinda comporta ainda visita à exposição fotográfica sobre a realidade de cidade, corrida pedestre, concurso infantil “ Conhecer a cidade de Cabinda” e uma partida desportiva em futebol salão entre as equipas da administração municipal e da sede do governo da província, bem como o concurso de gastronomia.

Falando à imprensa, a governadora da província Aldina da Lomba Catembo disse que comparando Cabinda, de há 60 anos, na altura que vila Amélia, hoje a cidade evoluiu e desenvolveu-se tanto no domínio das habitações, tendo em conta o crescimento exponencial que regista em termos de infra-estruturas de todo tipo.

Aldina da Lomba Catembo defendeu que todos devem comemorar os 60 anos da cidade de Cabinda com uma decisão de mudarem a cidade para que a mesma seja, cada vez melhor.

No quadro das festas foram realizados palestras e um colóquio sobre a realidade da cidade do ponto de vista do ordenamento urbanístico, saneamento básico, sistema de recolha de resíduos sólidos e construções, bem como o licenciamento de obras. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA