Grupo de migrantes resgatados no mar entre a Grécia e Itália (vídeo)

(EURONEWS)

A guarda-costeira grega resgatou três dezenas de migrantes ao largo da ilha ocidental de Lefkada, que tentavam chegar a Itália. Trata-se da primeira vez que um grupo de migrantes é intercetado a tentar atravessar por mar da Grécia para Itália, desde que a Macedónia fechou a fronteira com o território grego em março.

Os resgatados tinham, aparentemente, sido deixados à deriva por traficantes.O incidente faz crescer os receios de mais tragédias no Mediterrâneo, com a eventual abertura de uma nova rota de tráfego humano.

A ONG alemã Sea-Watch, que participa nas operações de resgate no Mediterrâneo, defendeu a publicação, esta segunda-feira, da foto de um bebé que perdeu a vida num naufrágio. Ruben Neugebauer, porta-voz da organização, diz que “esta imagem deve ter o mesmo efeito que a foto [do pequeno sírio] Aylan Kurdi e tocar pelo menos algumas pessoas, porque devemos saber, como europeus, que somos responsáveis por esta situação”.

No domingo, o Alto Comissariado das Nações Unidas para o Refugiados dizia temer que cerca de 700 pessoas, entre as quais quarenta crianças, perderam a vida na última semana, em três naufrágios distintos ao largo da Líbia. (EURONEWS)

por Rodrigo Barbosa | com AFP

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA