Grécia: Milhares protestam contra medidas de austeridade do governo (vídeo)

(EURONEWS)

Milhares de jovens estudantes, trabalhadores e reformados manifestaram-se, este domingo, pelo terceiro dia consecutivo, na Praça Sintagma, em Atenas.

Protestam contra a legislação que o governo quer ver aprovada, esta tarde, no Parlamento e que prevê o aumento das contribuições para a segurança social, o aumento dos impostos sobre os rendimentos e, ainda, introduzir uma nova pensão nacional.

“Não podemos viver no século XXI com condições de trabalho do século XIX.”

“Somos jovens e não aceitamos estas políticas. Não temos segurança social, sistema de saúde, salários decentes e muitos de nós não têm sequer emprego. Não podemos viver assim. Não podemos viver no século XXI com condições de trabalho do século XIX”, afirma uma jovem.

Um adolescente de 17 anos afirma que não recebe dinheiro dos pais e que “se eles tiverem mais cortes nos salários e nas pensões, não sei como vamos sobreviver. A maioria dos meus amigos vem, também, de famílias pobres. Dificilmente, conseguimos suprir todas as nossas necessidades básicas. “

O governo de Alexis Tsipras espera que as medidas ajudem para que os credores internacionais aprovem a libertação de parcelas dos empréstimos, no quadro do terceiro resgate financeiro concedido ao país em Julho de 2015 e avaliado em 86 mil milhões de euros.

O governo afirma que a reforma das pensões é necessária, mas os trabalhadores afirmam que, em poucos anos, as pensões serão equiparadas às gorjetas. Para as pessoas, o SYRIZA está a trilhar o caminho da austeridade e dos cortes, semelhante ao dos governos anteriores. (EURONEWS)

por Miguel Roque Dias | com REUTERS

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA