Grafite com beijo de Trump e Putin ilustra temor dos lituanos

Um grafite que mostra Donald Trump e Vladimir Putin se beijando na boca se tornou um viral nesta sexta-feira na Lituânia, onde os temores sobre uma possível aproximação crescem (AFP)

Um grafite que mostra Donald Trump e Vladimir Putin beijando-se na boca se tornou um viral nesta sexta-feira na Lituânia, onde os temores sobre uma possível aproximação crescem.

A imagem é inspirada na famosa foto de 1979 em que o então líder soviético Leonid Brezhnev beija o líder comunista da Alemanha Oriental Erich Honecker.

E ilustra a preocupação dos lituanos ante a simpatia expressada pelo pré-candidato republicano à Casa Branca ao presidente russo.

“Temos a sensação de viver uma nova Guerra Fria e os Estados Unidos poderiam ter um presidente que procura fazer amizade com a Rússia”, disse à AFP o proprietário do restaurante de fast-food que abriga a parede com grafites, Dominykas Ceckauskas.

“Vemos semelhanças entre os dois protagonistas. Ambos têm um ego inflado e é engraçado ver como eles se entendem bem”, acrescentou.

As relações entre Washington e Moscovo são tensas há anos, mas Trump defende Putin, considerado por ele um “líder forte” e “sem dúvida, talentoso”.

Os lituanos, bem como seus vizinhos da Letónia e da Estónia, estão preocupados com os comentários críticos de Trump em relação à Otan, que eles consideram como uma protecção crucial para sua segurança.

“Trump disse que a Otan está ultrapassada e é cara”, revelou Kestutis Girnius, professor do Instituto de Relações Internacionais e Ciência Política em Vilnius.

“O grafite reflecte o temor de alguns lituanos que têm a certeza de que Trump vai fazer reverência a Putin e negligenciar os seus problemas de segurança”, disse ele. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA