EI ameaça EUA e tenta levantar moral de combatentes na Síria e no Iraque

Imagem do vídeo divulgado pelo canal Aamaq News, com homens do EI em ação perto da cidade curdo-síria Ain al-Arab, em 23 de setembro de 2014 (afp_tickers)

O grupo Estado Islâmico divulgou uma nova gravação, neste sábado, na qual inflamou ataques contra os Estados Unidos durante o mês do Ramadão e tentou elevar o moral entre seus partidários nos combates na Síria e no Iraque.

A gravação seria do porta-voz do EI, Abu Mohamed al-Adnani, e foi publicada após muitos comentários por parte dos simpatizantes do grupo no Twitter por causa da campanha militar na Síria.

“Vamos ser derrotados, se perdermos Mossul, Sirte, ou Raqa, ou todas as cidades, e voltamos ao ponto de partida?”, questiona Al-Adnani.

Essas três cidades são os QGs do Estado Islâmico em três países: Iraque, Líbia e Síria.

“Não. A derrota significa, em particular, o desejo e a capacidade de lutar”, respondeu Adnani.

Segundo o porta-voz, “20.000 ataques aéreos” da coligação liderada pelos EUA não conseguiram acabar com a organização.

Al-Adnani também pediu ataques contra Estados Unidos e Europa no mês santo do Ramadão, que este ano começa em Junho. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA