Economia angolana cresce 3,3 por cento em 2016

Nova Marginal de Luanda (Jorge Monteiro/Portal de Angola)

A previsão é do African Economic Outlook divulgado hoje.

A economia angolana vai crescer 3,3 por cento este ano, menos 0,5 pontos percentuais do que em 2015, revelou hoje o relatório African Economic Outlook, divulgado nesta segunda-feira, 23, em Luzaka, Zâmbia.

O documento divulgado pelo Banco de Desenvolvimento Africano, pelo Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico e pelas Nações Unidas diz que, depois do boom com os preços altos do petróleo na última década, desde o verão de 2014 Angola “passou por um enorme choque estrutural por causa dos preços mais baixos do petróleo, e as previsões para os próximos anos continuam envoltas numa grande incerteza sobre a evolução das exportações de petróleo angolanas e preços das matérias-primas nos mercados internacionais”.

Os especialistas apontam uma ligeira subida para 3,5 por cento em 2017, mas recomendam ao Governo angolano que diversifique a economia e fortaleça “o desenvolvimento humano e o crescimento equitativo”, como medidas “necessárias para reduzir a vulnerabilidade aos choques externos”.

A propósito, o relatório aponta a agricultura como sendo um sector que deve desempenhar um papel crucial na aceleração das exportações angolanas e na geração de lucros em moeda estrangeira”.

A crise que afecta o país levou o Governo angolano a pedir a ajuda do Fundo Monetário Internacional que já começou a discutir com as autoridades de Luanda um Programa de Financiamento Ampliado(PFA).

Depois de um primeiro encontro há duas semanas em Washington, uma equipa do FMI é esperada em Angola nos primeiros dias de Junho. (VOA)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA