Cunene: Província com insuficiência de vacinas para campanha massiva de imunização da febre-amarela

Vacinas da Febre Amarela (uol.com.br)

A insuficiência de doses de vacinas e o não registo de casos autóctones de febre-amarela na província do Cunene foram apontado, nesta quinta-feira, em Ondjiva, como causas da não realização da campanha massiva de combate à doença na região.

De acordo com o director da Saúde no Cunene, Eleutério Hivilikwa, actualmente a província dispõem apenas de doses de vacinas para imunizar crianças menores de seis meses e aquelas pessoas que pretendem se deslocar fora do país.

Explicou que apesar de a província notificar 41 casos suspeitos da doença, dos quais quatro confirmados laboratorialmente, todos são provenientes da província de Luanda, sem no entanto registo de casos de origem local.

Este facto, salientou, não justifica que se faça campanha massiva com a mesma intensidade em relação a outras província do pais, uma vez que, uma das condições para campanha massiva é o regista casos autóctones.

“Vamos aguardar que o Ministério da Saúde disponibilize quantidades suficientes de vacinas que a qualquer momento poderão nos comunicar, uma vez que ser intenção do Executivo abranger todo país,” sustentou. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA