Cientistas descobrem nova forma de luz capaz de revolucionar a fibra ótica

(Foto: Pixabay)

Cientistas irlandeses descobriram uma nova forma de luz que pode revolucionar a fibra ótica e a comunicação de dados. Até agora, a luz tem sido vista como uma constante fixa. Literalmente, a sua capacidade de ver a luz é baseado no impulso constante e angular de Planck, um número que é um múltiplo com base na equação matemática de Planck que mede um feixe de luz. Agora, esta equipe teria encontrado um momento angular, onde um feixe de luz leva apenas metade do valor da constante de Planck.

O professor John Donegan está interessado em descobrir como podemos usar essa nova forma de luz no dia a dia. Uma das formas mais imediatas e impactantes estará na comunicação por fibra óptica, que é a base para os dados do computador. Ao transmitir flashes de luz através de vidro ou plástico, é possível enviar até 400Gbit/s de dados através de um único canal. Com esta nova descoberta, a taxa de transmissão de dados poderia ser muito mais elevada e segura.

A descoberta ainda é recente, mas o director do Crann, professor Stefano Sanvito, já sabe a importância desse achado. “Esta descoberta é um avanço para o mundo da física e da ciência da mesma forma.” É apenas uma questão de tempo antes que a comunicação de dados de empresas procurem o Trinity College Dublin, querendo trazer esta nova tecnologia para a comunicação de massa. (GEEK)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA