Chefe de Estado rende homenagem ao general ITA

Exéquias do General Mário Plácido Cirilo de Sá (ITA) (Foto: Francisco Miúdo)

O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, rendeu hoje, sexta-feira, homenagem ao general na reserva Mário Plácido Cirilo de Sá (Ita), falecido subitamente, na terça-feira, em Luanda.

No Quartel-general do Exército, onde decorreu o velório, depois ter sido entoado o Hino da República, o Chefe de Estado inclinou-se ante a urna com os restos mortais do finado.

Aos familiares mais próximos do general Ita, o Presidente da República, que se fazia acompanhar da primeira-dama, Ana Paula dos Santos, estendeu a mão transmitindo, pessoalmente, sentimentos de pesar.

Renderam ainda homenagem ao general “Ita” o vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, o Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, juízes -Presidentes dos vários tribunais, o Procurador-geral da República, governantes e deputados.

No recinto era notável também a presença de classe de generais e de oficiais dos diferentes ramos das forças armadas.

O sentimento de pesar e de perda era notável do semblante dos presentes principalmente nas mensagens transmitidas aos familiares ou escritas no livro de honra, bem como nas recordações de velhos companheiros de armas e de infância.

Nascido em Luanda, em 25 de Outubro de 1956, Mário Plácido Cirilo de Sá “Ita” foi, até a sua morte, presidente do Conselho Executivo do Centro de Estudos Estratégicos de Angola (CEEA) e vice-presidente para os desportos náuticos.

Respeitado estratega, o general Ita desempenhou até Março de 2001 o cargo de chefe dos Serviços de Segurança Militar.

Destacou que várias batalhas na defesa do solo pátrio contra as invasões estrangeiras e contra a forças internas de desestabilização.

Foi condecorado a 11de Novembro de 2006 pelo Presidente da República com a Ordem da Paz e da Concórdia do Primeiro Grau. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA