Angola: VI Assembleia Geral do Conselho Nacional da Juventude

Cláudio Aguiar, Instituto Angolano da Juventude, falando à imprensa. (Foto: Hotália Almeida)

A VI Assembleia Geral Ordinária do Conselho Nacional da Juventude foi aberta, hoje, na Casa da Juventude, em Viana, para a eleição do novo corpo directivo do conselho e apresentação dos relatórios das actividades desenvolvidas durante os 6 anos de mandato do pelouro cessante.

A actividade, que termina ainda hoje, conta com a presença de 35 organizações filiadas e 18 delegados provinciais, que discutem, entre outros assuntos, os relatórios das actividades realizadas durante 2009/2015, o relatório financeiro, o estatuto do CNJ, a proposta orçamental dos próximos tempos e a avaliação do desempenho do pelouro cessante.

Consta ainda dos assuntos em discussão, a perspectiva das actividades durante o quadriénio 2016/2016.

Sala de Conferências da Casa da Juventude (Foto: Hotália de Almeida)
Sala de Conferências da Casa da Juventude
(Foto: Hotália de Almeida)

Em declarações à Angop momentos antes da abertura do encontro, o secretário para o Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do CNJ, Victorino Matias, considerou positiva o trabalho efectuado pelo pelouro cessante.

Avançou que durante o mandato 2009/2015, o Conselho Nacional da Juventude conseguiu várias conquistas do ponto de vista institucional e visibilidade, com a realização inédita do Conselho de Auscultação da Juventude que culminou com o encontro dos vários representantes das associações juvenis nacionais e o Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

Neste momento decorrem os trabalhos no auditório da Casa da Juventude em Viana, que vão culminar com o discurso do ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muamdumba, e  a apresentação do novo corpo directivo do Conselho Nacional da Juventude (CNJ). (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA