Angola e Venezuela pretendem dinamizar cooperação Sul/Sul

Francisco da Cruz - Director América do MIREX (Foto: Lucas Neto)

A República de Angola e da Venezuela veem como estrategicamente importante a cooperação sul/sul, por forma a dinamizar as relações regionais e bilaterais, disse hoje (sexta-feira), em Luanda, o responsável da direcção América do Ministério das Relações Exteriores, Francisco da Cruz.

Em declarações à Angop, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, ao falar da visita de dois dias do vice-ministro das Relações exteriores para a África da República da Venezuela, Reinaldo Bolivar, Francisco da Cruz disse que os dois países têm “relações muito boas”, tanto a nível bilateral como das organizações internacionais.

“Ambos pertencem a duas organizações internacionais que exigem consultas e concertações permanentes, já que são membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP), e membros não permanentes do Conselho de Segurança da ONU o que requer dos dois países a concertação de posições e definição de estratégias” defendeu.

De acordo com o director, tanto Angola como a Venezuela veem como estrategicamente importante a cooperação sul/sul, com um maior intercambio das organizações regionais a que pertencem, para poder dinamizar as trocas.

De acordo com o programa de visitas, o governante venezuelano deverá reunir-se em Luanda com o Ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, e com o governador de Luanda, Higino Carneiro, além de presidir, pela parte venezuelana, as conversações oficiais entre delegações dos dois países. (EURONEWS)

DEIXE UMA RESPOSTA